EP²ASE

A sigla significa: Eficácia Pública e Eficácia Privada da Ação Social da Empresa. Metodologia que foi criada por Maria Cecília desenvolvida por ela para planejar e avaliar a ação social da empresa (ASE). Está baseada no critério da eficácia, e busca verificar se a ASE alcançou os objetivos esperados para a comunidade-alvo da ação - "eficácia pública" - e se atingiu os objetivos pretendidos para a empresa - "eficácia privada". Os procedimentos devem ser simples e diretos, sem serem simplórios ou pouco confiáveis; e devem funcionar como uma ferramenta de gestão para orientar na condução dos projetos sociais corporativos em prol dos objetivos pretendidos - para a comunidade e para a empresa.

 

A metodologia EP²ASE é composta por oito passos, que são:

  1. Decisão estratégica na empresa: o foco da ASE.
  2. Interação empresa-comunidade. Avaliação de marco zero na(s) comunidade(s) selecionada(s).
  3. Definição participativa na comunidade: elaboração do projeto social para a comunidade.
  4. Decisão estratégica na empresa: aprovação do plano de ASE.
  5. Na comunidade: avaliação do projeto sob a ótica da eficácia pública.
  6. Na empresa: avaliação da ASE sob a ótica da eficácia privada.
  7. Comunicar o projeto social na comunidade.
  8. Comunicar a ASE para os stakeholders da empresa.

A figura abaixo sistematiza esse passo a passo.